Município sedia encontro regional sobre o combate à dengue

0

Durante encontro com representantes de 15 municípios da região, realizado nesta quarta-feira, 25, no Departamento Estadual de Vigilância Ambiental de Itapeva, o prefeito Roberto Comeron falou sobre as ações contra a dengue e a antecipação da companha de combate ao mosquito Aedes Aegypti

O aumento no número de casos este ano fez com que a Prefeitura antecipasse o mutirão de combate ao mosquito transmissor. Este ano, foram confirmados 160 casos autóctones (contraídos no próprio município) e 44 importados. Por este motivo, o mutirão que seria realizado em dezembro, começou no dia 11 deste mês e termina em 1º de dezembro.

Em seu discurso, Roberto Comeron agradeceu primeiramente aos agentes comunitários de saúde, que são os responsáveis pelas orientações aos moradores dos bairros visitados. “O trabalho de vocês é de suma importância pois fazem as visitas e explicam sobre os cuidados no combate ao foco transmissor da doença. Nós prefeitos, temos obrigação de investir em campanhas preventivas, pois são questões de saúde pública”, explica Roberto Comeron.

O evento reuniu 15 representantes das cidades de Apiaí, Barra do Chapéu, Bom Sucesso de Itararé, Buri, Guapiara, Itaberá, Itaóca, Itapirapuã Paulista, Itararé, Nova Campina, Ribeira, Ribeirão Branco, Riversul e Taquarivaí.

Na ocasião, a diretora técnica de Saúde, Filomena Maria do Carmo Nicoletti Chudek e a coordenadora de Vigilância Sanitária e Saúde, Lair Bianchi de Melo falaram sobre os casos de dengue ocorridos no estado de São Paulo e no município e expuseram as ações desenvolvidas pela Prefeitura de Itapeva, para eliminar o mosquito Aedes Aegypti.

Em Itapeva, as ações foram intensificadas nos bairros que registraram casos da doença. É o caso da Vila São Miguel, Jardim Grajaú, Vila Santa Maria, Jardim Bonfiglioli, Jardim Virgínia, Jardim Imperador, Vila Isabel e Itapeva F.

Os bairros que serão visitados nos dias 26 e 27 de novembro são Vila São Miguel, Vila Ribas e Jardim Pôr do Sol. Vila Taquari e Vila São Francisco são os últimos a serem visitados nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro.

O objetivo é vistoriar mais de 10 mil imóveis das zonas urbana e rural do município, por meio do trabalho das Secretarias Municipais de Saúde, Obras, Transportes e Serviços Rurais e Administrações Regionais. Neste primeiro semestre, 14.079 imóveis foram vistoriados pelas equipes de combate ao mosquito Aedes Aegypti.

Compartilhar

Comentários