Itapeva discute sexualidade na Semana de Assistência Farmacêutica

0

Prevenção de doenças, gravidez não planejada e métodos contraceptivos foram temas abordados no encontro

As participações de alunos, professores e farmacêuticos nas palestras da SAF – Semana de Assistência Farmacêutica do Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo foram consideradas positivas pela Secretaria Municipal de Saúde de Itapeva. Esta avaliação foi feita pela gerente técnica da Vigilância Sanitária, Vivian Ferrari Lima Scaranello Machado.

Segundo Vivian, o encontro possibilitou a capacitação dos profissionais farmacêuticos e acadêmicos envolvidos, abrangendo um total de 29 palestras, com participação de 1504 alunos, tanto na zona urbana quanto na zona rural.

Realizado pela segunda vez em Itapeva nos dias 9 a 13 de novembro, o evento foi considerado um sucesso pela comissão organizadora. Em 2014, a SAF foi realizada em todas as escolas possibilitando a instrução quanto ao uso racional de medicamentos. Este ano, o tema abordado nas escolas foi a sexualidade. Foram apresentados os conceitos de prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, gravidez não planejada, métodos contraceptivos e a importância do farmacêutico nesse contexto.

A farmacêutica Vivian Ferrari Lima Scaranello Machado, gerente técnica da Vigilância Sanitária e professora do curso de Farmácia da FAIT, foi a coordenadora da SAF na região. Além do município de Itapeva, as palestras também foram realizadas em Capão Bonito e Campina do Monte Alegre.

A realização destas palestras permitiu a disseminação das informações sobre a diferença entre sexualidade e sexo, as consequências da relação sexual sem proteção, tais como a gravidez, DSTs, Aids e os principais métodos de prevenção.

A farmacêutica Silvia Regina Floresto Couto, uma das palestrantes do grupo de voluntários da SAF, disse que tanto alunos, quanto os professores e coordenadores demonstraram muito interesse nos assuntos abordados, além de esclarecerem dúvidas sobre os temas.

A gerente técnica da Vigilância Sanitária, Vivian Ferrari Lima Scaranello Machado, agradeceu a participação de todos os envolvidos no projeto, primeiramente a Secretaria Municipal da Saúde, incluindo o Núcleo de Educação, o Ambulatório de Moléstias Infecciosas, Casa do Adolescente e o Projeto Viver; bem como as Secretarias Municipal e a Estadual da Educação e  aos acadêmicos da FAIT.

Compartilhar

Comentários