Professora indiciada por agredir alunos é denunciada pelo Ministério Público

0

A professora que foi indiciada recentemente por agredir e torturar alunos de uma creche da cidade de Buri foi agora, nesta última sexta-feira, dia 17, denunciada pelo Ministério Público pelo crime de tortura.

Diante do ocorrido, o promotor Cláudio Sérgio Alves Teixeira pediu a prisão preventiva da professora, além da sua exoneração do cargo público e indenização das vítimas por danos morais.

O caso da professora foi registrado no dia 9 de outubro na Delegacia de Buri, quando as imagens da câmera de segurança mostrando as agressões, chegaram até a Polícia por meio da própria diretora da creche.

Depois da denúncia, um inquérito policial foi aberto e encerrou no início deste mês, quando a Polícia Civil indiciou a mulher por maus-tratos e tortura. De acordo com as informações do Ministério Público, além das agressões que aparecem nas imagens, a professora já havia agredido uma criança com um tapa na boca e deixado uma outra criança presa dentro da sala de aula.

Além deste crime, a professora já respondia também por outros processos administrativos referentes aos anos de 2014 e 2015.

Compartilhar

Comentários