Moradora abre ação popular e pede afastamento de vereadores de Nova Campina

0

Uma moradora da cidade de Nova Campina se revoltou com o Projeto de Lei aprovado pela Câmara Municipal e sancionado pelo Poder Executivo no mesmo dia.

A Lei Municipal 1.014/2017 prevê o pagamento de décimo terceiro salário e férias ao corpo legislativo.

Esse projeto, que se tornou Lei em Nova Campina, foi votado, aprovado e sancionado no dia 15 de dezembro de 2017, através de uma convocação de Sessão Extraordinária que aconteceu em “tempo recorde” e de “maneira discreta”, conforme conta a moradora.

Diante da sua revolta, alegando também crime de improbidade administrativa, a moradora protocolou nesta quinta-feira (25), uma ação popular contra os vereadores, solicitando ainda, o afastamento deles do Poder Legislativo.

Conforme o documento apresentado, a ação também foi apresentada ao Ministério Público, ao Tribunal de Contas do Estado de São Paulo e à Polícia Civil, para que caso a moradora não seja respondida em tempo legal, os órgãos citados tomem então, as devidas providências de acordo com a lei.

Compartilhar

Comentários